terça-feira, 29 de setembro de 2015

Feriado 7 Setembro/15 – CCB-Serrinha do Alambari – Penedo/RJ

É engraçado o que vou dizer aqui, mas antes de contar como foi nossa última viagem gostaria de agradecer ao nosso pequeno grande rebocador por todas as viagens que nos levou, isso mesmo, gostaria de agradecer ao nosso guerreiro Corsinha 1.0 que nos levou para muitos lugares nesses últimos 3 anos, que ele proporcione inúmeras viagens aos seu atual proprietário e que nunca os deixe na mão, sempre indo e voltando de todos os seus destinos.

Teófilo Otoni - MG

São José do Barreiro - SP

Campos do Jordão - SP

São Pedro - SP

Socorro - SP

Visconde de Mauá - RJ

sua última trip, voltando de Cabo Frio - RJ
Trocar de carro é algo que sempre causa uma felicidade tremenda e assim anunciamos nosso novo rebocador, um Palio Adventure 1.8, apesar de toda bravura do carro anterior, o fato de ser 1.0 às vezes tornava as viagens bem cansativa, principalmente para lugares com muitos trechos de serra, mesmo nunca ter sido um empecilho para nossas empreitadas optamos pela troca por uma carro mais potente e com bastante espaço, visando mais conforto, maior rapidez e até um pouco mais de confiança para viagens mais longas...

A primeira viagem! Frango Assado / Carvalho Pinto

Já na Serrinha do Alambari

Sábado 05/09

Família Pé na Estrada saiu desfalcada para essa viagem, dessa vez fomos Eu e a Melissa, Amanda não pode ir por conta do TCC, levantamos bem cedo e estávamos bem animados com estreia do novo rebocador, as 5h da matina partíamos de Santo André com destino ao CCB-Serrinha do Alambari, o camping fica na região de Penedo, aproximadamente 290 km de casa, uma viagem mediana de no mínimo 4h, a ideia era encontrar nosso amigo Abílio no posto do Frango Assado, o que não acabou acontecendo, só conseguimos nos encontrar no Posto Olá, já bem próximo a Rodovia Pres. Dutra nas proximidades de Taubaté, a estrada estava bem movimentada, mas sem pontos de congestionamento.

A Serrinha do Alambari é uma região com forte vocação para atividades turísticas, por suas características propícias ao turismo ecológico e ao lazer contemplativo. A região beneficiou-se de uma preservação natural extraordinária, conservando áreas de mata em estado praticamente primitivo, e até a ocupação mais recente chegou num momento de consciência ambiental, desenvolvendo-se de forma racional e harmoniosa.

A oportuna interferência do poder público municipal, que transformou a Serrinha em área de proteção ambiental no início dos anos 1990, protegida por um plano diretor, e criando em seguida a primeira guarda florestal municipal do país, fiscalizando e coibindo desmatamentos, a pesca, caças predatórias e as construções irregulares, contribuiu muito para a sua preservação.

Atualmente a Serrinha caracteriza-se principalmente por casas de veraneio de boa qualidade arquitetônica, em projetos que se integram à paisagem, mesma tendência seguida pelos hotéis, que não são muitos.

Na Serrinha ficam as nascentes dos rios Alambari, Santo Antônio e Pirapitinga, responsáveis por estonteantes recantos. Cachoeiras, banhos de rio e caminhadas fazem a festa de qualquer amante da natureza. Fonte: www.visitepenedo.com/serrinha.htm

No camping já nos aguardava nossos amigos de Paraíba do Sul Gerfesson e Carla, que já estavam lá desde quarta-feira.

Saindo da RJ-163 andasse por volta de uns 10 km de estrada de terra, chovia bastante enquanto fazíamos este percurso e foi bom para testar se o carro realmente era Adventure, fiquei bem contente com o resultado o carro subiu bravamente a “serrinha” e não demonstrou nenhum sinal de cansado.

Chegamos no camping debaixo de uma forte chuva, Gerfesson já nos aguardava na portaria e agora era montar nosso equipamento.


O Primeiro a montar a barraca foi o Sr. Abílio, montamos os equipamentos numa espécie de mutirão, rapidamente estamos com os equipas de pé, destaque para a montagem do Toy Story, foi recorde, em uns 25 min. já estávamos debaixo de seu belo avancê.



Carla fez às vezes de anfitriã e agilizou uma almoço rápido para toda a tropa, almoço esse que foi muito bem vindo e depois de já ter pilotado, montado barraca na chuva e almoçado sobrou tempo até para uma soneca kkkkkk.

A noite foi a nossa vez de agradecer a recepção, Melissinha e eu fizemos Pizzas para nossos convidados, chovia sem parar, desde a nossa chegada, então passamos a nossa noite ali debaixo do avancê, iluminados por um lampião batendo papo até umas 22h, exceto eu e meu parceiro de cervejas kkkk, Gerfesson e eu ficamos no bate-papo até meia-noite, tomando umas geladas, que pelo friozinho que fazia a latinha se mantinha gelada até o último gole kkk.






Tive dificuldades para dormir dessa vez, pois uns vizinhos baderneiros ficaram na bagunça até umas 2h, foi difícil pegar no sono, mesmo eu tendo muita facilidade para dormir, enfim, as vezes acontece, mas como estava chovendo deu preguiça de subir até a recepção para reclamar, coisa que fiz no outro dia, logo na primeira oportunidade.

Domingo 06/09

Não acordamos muito cedo não, levantamos por volta das 9h, o café da manhã foi na barraca do Gerfesson e da Carla, hoje o dia estava melhor, sempre muito nublado, porém com chuviscos esporádicos, o que nos permitiu conhecer o camping e algumas de suas cachoeiras.




Por meio de trilhas suaves de aproximadamente uns 20min. é possível conhecer algumas cachoeiras dentro do próprio camping, optamos em conhecer o Poço das Esmeraldas e o Bananal, tiramos algumas fotos e ficamos ali curtindo o barulho de suas corredeiras.













Uma das grandes surpresas desta acampada foi encontrar o Jorge Brotto e sua Kombi lá no camping, Jorge é um aventureiro por natureza, já fez diversas viagens pelo Brasil e América do Sul, a simplicidade de seus vídeos mostra que quando se quer, é possível, ele já fez uma “pequena voltinha” entre Brasil, Argentina, Uruguai e Chile, aborto de uma indestrutível CG 125, essa é apenas umas de suas façanhas, caso queiram conhecer mais é só acessar seu canal no YouTube https://www.youtube.com/user/jorgenilda/videos, eu já acompanho a algum tempo e por isso foi muito legal encontra-lo por lá, além de poder ouvir de perto algumas de suas “poucas” histórias.




Passamos a parte da tarde fazendo churrasco e tomando umas cervejas, durante a noite foi à fez da Martha e do seu Abílio colocarem a mão na massa, o que nos rendeu a deliciosos mistos-quentes, essa noite foi melhor para dormir, já que o pessoal da bagunça foi tocar o terror lá no galpão.





Segunda 07/09

Com frio e chuva fica difícil sair da cama, então acordamos um pouco mais tarde, todo mundo já estava lá na barraca do Abílio e da Martha para filar o café da manhã, sem planos para o dia já que voltava a chover o jeito foi ficar debaixo dos gazebos nos bate-papos.

O pessoal das Kombis foram embora antes da hora do almoço, nós ainda ficamos por lá, o camping ia se esvaziando aos poucos, mas nós ainda ficamos para o almoço, fizemos aquele  famoso prato francês, o restô de la dontê,  um tremendo catadão das sobras, e não é que ficou uma delícia.



Agora vem a parte chata srsrs a desmontagem do equipa, por sorte essa hora a chuva deu uma trégua, inclusive foi possível ver o sol por poucos minutos, saímos do camping as 17h, a estrada estava bem carregada, chegamos a ficar parados em alguns pontos, e só conseguimos chegar em casa as 23h.



Apesar de toda chuva conseguimos aproveitar bem a viagem, aliás, viagens são muito boas até quando são ruins srsrsrs, confuso isso né, mas é assim comigo, sempre tenho o maior prazer em acampar, não é um dia de chuva que vai estragar a minha viagem, nessa por exemplo choveu bastante, mas me proporcionou muito mais momentos de integrações com meus amigos do que outras viagens, por fim, comemos, bebemos, contamos histórias e se divertimos demais, voltaremos a Serrinha com a promessa de dias mais ensolarados para aproveitar as cachoeiras em um dia de calor...

Nosso Canal no Youtube, inscrevam-se

Até uma próxima acampada...
Abraço

Junior ABC

6 comentários:

  1. Muito legal, é um camping que pretendo conhecer em breve. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita MArcelo, o camping realmente é privilegiado vale muito a pena conhece-lo.

      abs

      Excluir
  2. sem palavras meu amigo , sempre que possível vamos acampar juntos. abraço , gerfesson e carla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que beleza mano Gerfesson, vc e Carla são muito queiridos! abs

      Excluir
  3. Ôpa! Vi o nome Teófilo Otoni aí?! Passaram pela minha cidade amigos! Legal!!! Show de acampada, ficou show a matéria.
    Abraço a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim Amigo passamos por TO a caminho de Porto Seguro. Abs e obrigado pela visita.

      Excluir