sábado, 26 de abril de 2014

Feriado da Semana Santa e Tiradentes 2014 - Camping da Dona Esmeralda - São José do Barreiro-SP

Antes de escrever o relato de nossa última acampada gostaria de falar um pouco de tudo que cerca uma viagem de acampamento, apesar de ser um feriado prolongado, em uma acampada soma-se muito mais do que os dias acampados propriamente ditos, dependendo do tamanho da viagem, pode ter semanas de planejamento, meses e até anos, como no preparo de uma expedição por exemplo.

Eu, como um apaixonado por planejamento, seja ele de custos ou de atividades, gosto muito dos dias que antecedem a viagem, fazer esse planejamento para mim, é tão prazeroso como acampar, como não utilizávamos o carro durante a semana, eu já o preparava no domingo anterior a viagem e deixa para carregar no dia da viagem, só as comidas, bebidas e as cobertas e travesseiros.

Nesta última acampada foi um pouco diferente, como a Amanda está utilizando o carro para trabalhar agora, carreguei a maior parte na quarta-feira à noite (acabei por volta da meia noite), ela trabalhou com o carro semi carregado e eu terminei de carregar assim que cheguei, tinha programado para sair do trabalho as 14:30 hrs., o que não ocorreu, Murphy me seguiu a quinta-feira inteira e tudo que tinha que acontecer, aconteceu neste dia, afinal de contas já dizia uma das máximas de Murphy “A única coisa provável e que aconteça coisas improváveis!” Que frase! Saí atrasado do trabalho assim como a Amanda, ainda tínhamos que terminar de carregar o carro, arrumar as mochilas, algo que nunca deixamos para última hora e  carregar algumas coisas no bagageiro, algo novo para gente, resumindo conseguimos sair de casa as 19:00 hrs. Pensei até em desistir de ir na quinta, pois ainda tínhamos que percorrer 290 km até São José do Barreiro-SP.



No final das contas acabou valendo a pena, não pegamos nenhum transito na saída de São Paulo e ficamos poucos momentos parados na região de São José dos Campos a Taubaté (as saídas para o litoral norte de SP). Conseguimos fazer a viagem em 4:30 min. se tratando de um feriadão, fomos muito bem e acabamos saindo no lucro.


Mas vamos ao que interessa, o destino escolhido desta vez foi o camping da Dona Esmeralda , localizado a 3,6 km do pequenino centro da simpática cidade de São José Do Barreiro-SP, chegamos por volta das 23:30 hrs, o camping se encontrava em um silêncio total, as poucas barracas que lá estavam já estavam todas fechadas e os amigos campistas tirando uma ótima soneca, procuramos um lugar que fosse legal e que tivesse uma certa distância para não incomodar os amigos que já estavam dormindo.



Montamos nossa barraca bem no centro da área do camping, um gramado bem fofinho e com uma ótima iluminação, o que não evitou que eu montasse a barraca próxima a um formigueiro, rsrsrs. Desta vez não quis saber de montar a barraca pela metade para dormir cedo, montamos toda a nossa estrutura, para não ter trabalho na manhã seguinte, gastamos umas 2 horas e meia, sem pressa e tomando uma cervejinha que foi gelando durante o caminho, montei logo a barraca e ajeitei o quarto para a Melissinha voltar para a sua soneca, algo que ela não deixou de fazer durante todo o trajeto, rsrsrs, ôo menininha que dorme!!

Na manhã seguinte acordamos bem cedo, tomamos nosso café da manhã ainda ao som dos pássaros, ficamos na expectativa de receber a visita dos Bob´s (macaquinhos que vivem no camping) mas não ocorreu, conhecemos alguns amigos do Grupo dos Blogs Campistas e fomos curtir a piscina de água natural do camping, muito boa por sinal, a água até que não estava tão gelada, estava na temperatura exata.







Almoçamos na barraca mesmo. Muitas pessoas não gostam de comer na barraca, para evitar o trabalho, por não achar que vale a pena, etc. Eu, particularmente, adoro, dificilmente eu cozinho no camping, a Amanda cozinha, eu dou uma força e a sujeirada fica por minha conta, gosto de comer na barraca, na nossa mesinha ao ar livre, seja de dia ou seja de noite, isso pra mim é prazeroso e algo que não podemos fazer em casa, moramos em apartamento e com a correria do dia a dia dificilmente temos a oportunidade de almoçar e jantar juntos. Durante a tarde aproveitamos para tirar um cochilo para recuperar as energias.



Na noite de sexta feira teve um Bingo promovido pelo camping, parecia estar animado, não chegamos a ir porque iríamos assistir a um filme, mas acabamos não fazendo nem um, nem outro, a Amanda disse que nas próximas acampadas o notebook é um item dispensável, uma vez que nunca consigo assistir um filme inteiro com ela, rsrsrsrs, mas ainda vou conseguir, kkkk!

No sábado tiramos o dia para conhecer a cachoeira da Usina, que tem acesso pelo próprio camping, uma caminhada de 30 minutos aproximadamente, vale a pena conhecer, a cachoeira é composta por três quedas, fomos nas 3, e a segunda queda é a mais bonita e gostosa, vale cada passo dado durante a trilha para chegar até ela, até a Melissinha que foi resmungando durante todo o caminho gostou, e a trilha não é tão ruim, ele é feita parte em meio a mata fechada, parte em floresta aberta e uma boa parte em uma estrada de terra, qualquer pessoa disposta a conhece-la consegue completar o caminho. 
















Voltamos da cachoeira com muita fome, almoçamos na barraca novamente e passamos o resto do dia sem fazer nada. No sábado foi a noite do cachorro quente, patrocinada pelo camping, um sucesso total, acredito que todos os hospedes deram uma passadinha por lá.



Vale abrir aqui um espaço para falar um pouco das atividades promovidas pela nossa amiga campista Lys do blog www.campingcomcrianca.wordpress.com, que montou um cronograma bem legal para a criançada, todas as tarde tinha uma atividade diferente, teve o dia da pintura, o dia da massinha, o dia das histórias, a noite da lanterna e a noite da fogueira, com direito a marshmallows, igual aos desenhos animados, sem falar na caça aos ovos, com pistas para a colheita de mini ovinhos e no fim, a presença de uma coelhinha muito especial, a própria Dona Esmeralda, entregando um ovinho para cada um.











No domingo além da caça aos ovos, teve o nosso churrasco coletivo, participamos parcialmente porque no domingo fomos fazer o passeio no Parque Nacional da Serra da Bocaína, do camping até o parque são cerca de 30 km, o valor do passeio é R$ 30,00 reais por pessoa, a caminhonete sai do próprio camping as 9:00 hrs. da manhã, lá na serra fomos até a pista de voo livre e a espetacular cachoeira de Santo Izidro, linda demais com suas águas cristalinas, o acesso se dá através de um trilha também de aproximadamente uns 30 minutos, esse caminho já é mais puxado, mas devagarinho também dá para ser feito e a paisagem é recompensante! Vale muito a pena conhecer.











Domingo ainda teve a noite dos caldos, também promovido pelo camping, estava uma delicia, e foi no dia certo, pois na tarde do domingo deu uma baita tempestade, muita água despencando do céu e muito vento, chegou a levantar voo duas tendas dos amigos Luiz e Jacyr, a nossa não voou porque fiquei segurando e na hora que o vento ficou bem forte o Alexandre, nosso vizinho, deu uma força e ajudou a segurá-la, depois dessa tempestade o jeito foi cobrir a barraca com uma lona, choveu muito durante a noite toda, mais nada com a mesma intensidade da chuva da tarde, a barraca aguentou bem e só molhou mesmo a área do avance.

Na segunda-feira nós já acordamos tristes, sabendo que era o dia de vir embora, gastamos o dia todo desmontando a barraca e limpando, tomamos café e almoçamos na barraca, não queríamos sair de lá, passar esses dias acampando, conhecendo os amigos virtuais e curtindo a natureza é algo muito bom, foi muito bom estar com todos eles, esperamos nos ver em breve, um abraço a cada um de vocês que puderam compartilhar estes momentos com nossa família, já estamos com saudades e aguardando a próxima acampada.


Como estava falando lá no começo deste texto, quando você gosta de acampar, não é só naqueles dias que você ficou acampado que lhe dão prazer, o passeio começa muito antes, bem lá atrás, na escolha do destino, durante nosso planejamento, a separação de nossos equipamentos e escrever o nosso post para o blog, para dividir com nossos seguidores os nossas atividades, nossas fotos e nossas aventuras, tudo isto também faz parte de nosso passeio. 

Espero que tenham gostado e até a próxima acampada! 





6 comentários:

  1. Que delícia de passeio, adoro a Bocaina! O camping nem se fala! Parabéns pelo relato, adoramos! Super abraços!

    ResponderExcluir
  2. Muito bonita as fotos !!! Ótimo relato e sobre a frase de Murphy foi muito bem colocado !!

    ResponderExcluir
  3. Maravilha de relato pessoal! Muito bacana a farra de vocês. Muito bem colocado, o prazer de acampar começa muito antes, com todos os planejamentos e preparativos que antecedem o mesmo.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito obrigado Projeto Acampar! agradecemos a sua visita abs!

      Excluir
  4. Imagina se eu não fiquei louca de vontade de conhecer o Dona Esmeralda, depois de um relato desse? rs

    Um beijo, família :*

    Kátia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kátia realmente lá é muito bom, a Lys em especial faz uma programação para as crianças que é muito 10! abs

      Excluir